COLÁGENO POR QUE É IMPORTANTE PARA O ORGANISMO?

O colágeno é a proteína que temos em maior quantidade no organismo. Ele desempenha funções como dar sustentação à pele e às articulações.

Porém, a partir dos 25 anos de idade a produção natural de colágeno pelo organismo diminui 1% a cada ano.

Isso facilita a degeneração destes tecidos, deixando a pele mais flácida, com linhas de expressão e rugas.

Por volta dos 50 anos, o organismo produz apenas 35% da capacidade total de colágeno.

Além a perda natural devido a idade, outros fatores também influenciam a diminuição da produção natural de colágeno, como mudanças hormonais, sedentarismo, stress, má alimentação e abuso do álcool e cigarro.

Este artigo fornecerá uma visão completa sobre a importância dessa proteína.

COLÁGENO PELE PERFEITA

Colágeno o que é

A palavra colágeno vem da palavra grega “kólla”, que significa cola. E essa é uma das
funções que ele desempenha no organismo.

Além de ser um dos principais blocos de construção de ossos, pele, músculos, tendões e ligamentos. O colágeno também é encontrado em muitas outras partes do corpo, incluindo vasos sanguíneos, córneas e dentes.

Você pode imaginá-lo como a cola que mantém tudo isso junto.

Benefícios

Existem ao menos 16 tipos de colágeno, porém os principais são os tipos I, II, III e IV.

Neste tópico aprenderemos um pouco mais sobre cada tipo e as diferenças entre eles;

  • Tipo I: Este tipo representa 90% do colágeno do seu corpo e é feito de fibras densamente embaladas. Ele fornece estrutura para a pele, ossos, tendões, cartilagem fibrosa, tecido conjuntivo e dentes.
  • Tipo II: Este tipo é feito de fibras mais frouxamente empacotadas e é encontrado na cartilagem elástica, que servem de “almofadas” articulações.
  • Tipo III: Este tipo suporta a estrutura dos músculos, órgãos e artérias.
  • Tipo IV: colágeno que forma uma espécie de rede e é encontrado em camadas de pele.

A medida que envelhecemos o nosso organismo diminui a produção natural de colágeno e isso se torna visível na pele, que passa a ser menos firme e flexível.

As cartilagens também enfraquecem devido à menor produção da proteína.

COLÁGENO BOTÃO

Como aumentar a produção de colágeno?

Todo o colágeno começa como procollagen.

O corpo produz procollagen combinando dois importantes aminoácidos: glicina e prolina. Este processo utiliza a vitamina C.

É possível auxiliar o corpo na produção desta proteína tão importante, mas para isso é necessário garantir a inserção dos seguintes nutrientes em nossa alimentação:

  • Vitamina C: Encontrada em frutas como limão, laranja, acerola, kiwi, caju, morango, goiaba, e em legumes como pimentão e brócolis.
  • Prolina: Encontrada em alimentos como feijão, ervilha, milho, amêndoas, amendoim, nozes, alho, cebola roxa, berinjela, beterraba, cenoura, abóbora, nabo e cogumelos.
  • Glicina: Encontrada em alimentos como peixe, frango, carne, feijão, ovos, iogurtes, lentilha, grão de bico, espinafre, alface, gelatina sem sabor.
  • Cobre: Encontrado em alimentos como mexilhões, as ostras cruas ou cozidas, os cereais integrais, o caju, o amendoim, a amêndoa, as nozes ou o chocolate, por exemplo.

Ou seja, o corpo necessita de proteínas de alta qualidade que contém aminoácidos para a produção de novas proteínas.

O Que Evitar

Além de incluir alimentos saudáveis em sua dieta, é importante também evitar alguns hábitos e
alimentos que prejudicam a produção de colágeno:

  • Açúcar e carboidratos refinados: O açúcar interfere com a capacidade do colágeno de regenerar-se. É importante diminuir o consumo de açúcares adicionados e carboidratos refinados.
  • Exposição excessiva ao sol: A radiação ultravioleta pode reduzir a produção de colágeno. Evite se expor ao sol entre 10 e 16 horas e não dispense nunca o uso do filtro solar.
  • Fumar: Fumar, além de aumentar os riscos de câncer, impotência sexual, aborto, AVC, infarto, bronquite, e outras diversas doenças, ainda reduz a produção de colágeno. Isso pode prejudicar a cicatrização de feridas, e levar à rugas.

COMPRAR DERMACAPS

Colágeno Hidrolisado funciona?

O que os especialistas dizem é que qualquer fonte de proteína, sendo colágeno ou não, são processadas da mesma maneira pelas enzimas do nosso metabolismo.

Assim, não há como tomar um suplemento e esperar que ele atue em um tecido específico do organismo como a pele, por exemplo.

Dessa forma, não existe uma prova na literatura científica, de que os aminoácidos presentes no colágeno hidrolisado ingerido pelo organismo realmente vão se organizar para aumentar especificamente sua produção no corpo.

Ao usar o suplemento diariamente, as chances de que isso ocorra aumentam. Mas não há nenhuma garantia de que todos serão realmente transformados em colágeno.

Assim, embora existam diversos estudos clínicos sobre os potenciais benefícios do uso dessa proteína, essas pesquisas ainda não têm uma quantidade significativa de publicações.

Portanto, embora não possamos afirmar que o colágeno hidrolisado funciona há muitos estudos científicos sobre isso em busca de provas concretas de que isso ocorre devido à suplementação.

Porém, existem muitos indícios de que a substância funciona e que pode ser usada sem riscos à saúde.

Mais pesquisas no setor precisam ser feitas para ter certeza sobre os benefícios do uso do produto.

Desta forma, o mais indicado é que você só use esse tipo de suplemento sob orientação médica.

Apesar de precisar de mais pesquisas na área, o uso de colágeno na forma de suplementos parece ser totalmente seguro e não há interações medicamentosas relatadas até o momento.

Leave a Reply

dezenove − 12 =